Papa causa polêmica após visitar presidio e beijar pés de detentos

papa Ago 19, 2019

O papa Francisco participou da cerimônia anual de Lava-Pés que é realizada na prisão de Velletri,aos arredores de Roma,na Itália.


Papa causa polêmica após visitar presidio e beijar pés de detentos . Papa beija os pés de presidiário e internet reage de forma inesperada. O papa Francisco participou da cerimônia anual de Lava-Pés que é realizada na prisão de Velletri,aos arredores de Roma,na Itália.O evento aconteceu nesta última quinta-feira e tem como missão relembrar da última Ceia ,em que Cristo lavou os pés de seus discípulos.

Porém,Francisco foi mais longe dessa vez e além de lavar os pés de um presidiário,ele ainda beijou o pé do detento.O ato atraiu a atenção da mídia e surpreendeu os seguidores do papa e da igreja católica pelo mundo.Muitos atribuíram o ato como uma prova da humildade do Papa Francisco que é conhecido como o quebrador de protocolos da Igreja Católica.O papa sempre age inesperadamente e surpreende seus fiéis.

Entretanto,se por muitos o papa foi aclamado pela atitude,por outros foi criticado.Houve muitos internautas que comentaram que na gestão do Papa,há muito marketing em sua ações.Marketing que o torna um papa muito querido e aumenta a popularidade da Igreja Católica pelo mundo. Porém,muitos seguidores reclamaram que beijar os pés de um detento não significa mais que ajudar a quem precisa.Teve até internauta que brincou com a feiura do pé do detento.”mas que pé é esse”,brincou um internauta.

Francisco se envolveu em uma outra polêmica recentemente quando esteve visitando uma basílica perto de Roma também.Quando terminou a missa,uma fila enorme de fieis vieram lhe beijar as mãos,e o Papa simplesmente rejeitou a honraria.O anel do pescador ,que significa o anel de Pedro , o primeiro papa,é usualmente beijado pelos devotos.Porém,a negativa e Francisco surpreendeu os fiéis e levantou muita polêmica.Muitos apontaram novamente a humildade de Francisco que supostamente não se achou merecedor de tal honraria.Já houve quem disse que o Papa era metido.

Porém,no dia seguinte,O Vaticano emitiu uma nota oficial dizendo que o Papa não queria que nenhum do fiéis se contaminasse com saliva de outro.Na verdade,ele achou o ato anti-higiênico.